segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Viver no campo

 

 
Ainda agora aqui uma mulher transmontana me tocou no braço para dizer:
- Venha ver que lindo! Olhe aquelas ovelhas a beber além na fonte!
Parece poesia! - Eu não sou poeta.
Mas diga lá menina, disto não têm vocês lá pra Lisboa.


Sem comentários:

Enviar um comentário