quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Os barros, pela mão de Pablo Picasso e Júlio Pomar


A primeira imagem é uma reprodução do «Etude pour trois femmes à la fontaine», autoria de Picasso, datado de 1921. Pertence ao Museu Picasso (Paris).
O segundo foi desenhado por Júlio Pomar. Encontrei-o nas Mulheres do meu País, um livro da autoria de Maria Lamas (1950)

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

A Senhora da Praia das Maçãs

O mês de agosto traz consigo um ar de festa, de férias, de dolce fare niente.
Ontem, na Praia das Maçãs (Sintra), a festa foi em honra de Nossa Senhora da Praia - e dizem os locais que a tradição manda que se repita todos os anos. A procissão, como de costume, saiu de uma pequenina ermida, percorreu as ruas ladeadas pelo casario com portas e janelas engalanadas de flores e colchas coloridas, terminando no areal da praia, junto às águas do mar.
Quem assistiu ao ritual foi ainda surpreendido com a passagem de uma aeronave que sobrevoou o sítio onde se concentraram os andores com as imagens dos santos, deixando para trás um rasto de pétalas de flores vermelhas.
Um dia de praia diferente. Gostei!








sábado, 27 de agosto de 2011

Concheiros de Muge




Muge (Ribatejo), para além de conter manchas argilosas bastante ricas e de óptima qualidade para serem trabalhadas nas olarias (das quais há notícia desde o neolítico), neste local também se encontram identificados vários concheiros, ou seja, pequenas covas feitas no solo, pelos homens do período mesolítico, onde eram guardados pequenos moluscos que lhes serviam de alimento.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

... e a porta deixa adivinhar

Também não foi menor o tempo de espera para que se publicasse a imagem de uma, ou melhor, de duas portas. Encontrei-as assim, entreabertas, à espera de quem chega e se abeire para entrar.
Entre conversas sobre barros e olarias, caminhadas e olhares contemplativos, deixei-me conduzir até à casa onde em tempos residiu o Sr. João, oleiro conhecido, e reconhecido, pela qualidade do "tijolo" e da "tijola" que fabricava.

terça-feira, 23 de agosto de 2011

O que a janela não deixa ver...


Há já bastante tempo que não publicava aqui qualquer imagem sobre janelas.
Deparei-me com esta na parede de uma casa centenária, em terras ribatejanas.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

O Cais da Vala em Salvaterra de Magos


Disseram-me alguns habitantes locais que este foi em tempos o sítio escolhido para fazer aportar as embarcações dos senhores nobres, ou da família real quando viajava em bergantins desde Lisboa até Salvaterra de Magos.
De importante entreposto comercial, o Cais da Vala está hoje transformado em ancoradouro para pequenas embarcações de pesca e de recreio. A paisagem envolvente é maravilhosa. As águas, essas, convidam a um passeio calmo sem tempo marcado para partir ou chegar. Tentador,… sobretudo em dias de calor insuportável como têm sido quase todos os do mês de Agosto!

Oleiro de Molelos


Os tamancos ficam de fora. Assim, sempre são poupados ao desgaste que a roda dá.